Blog

Reflexões, artigos, dicas e outras ideias interessantes relacionadas à internet


jun 19 0

Mailbox: colocando o e-mail no seu lugar

Antes mesmo da  Nauweb, eu lembro de conversar com o Brant  sobre uma técnica de gestão de e-mails chamada “INBOX ZERO”. A ideia por trás dela era de que todo e-mail necessita de uma ação, seja arquivar, responder ou se programar para responder no futuro, mantendo a caixa de entrada sempre limpa.

Durante todo esse período, não só eu, mas todos nós incorporamos bastante essa rotina. As vezes é dificil, e todo mundo deixa um e-mail sobrando para responder ou ler algum dia no futuro, mas funciona razoavelmente bem. Hoje em dia, eu não consigo ver minha caixa de entrada cheia de e-mail sem me sentir incomodado.

Tenho certeza de que todo mundo hoje sofre pelo excesso de e-mails, no iPhone, Blackberry, G-mail, Outlook etc. Todo mundo recebe muito e-mail. E muita coisa inútil, como promoções, ofertas ou com eventos que você nunca vai. A gente acorda de manhã e já tem um zilhão de coisas para responder e arquivar e, se você não organiza sua caixa direito, você acaba deixando de responder ou ver aqueles e-mails que realmente importam.

Tudo isso foi só pra introduzir um aplicativo que chegou para lidar com esse problema. Eu estou usando há algum tempo e ele causou bastante hype, principalmente nos Estados Unidos,  chama-se MAILBOX. E foi recentemente adquirido pela Dropbox.

Inbox Zero

O que é o Mailbox

Segundo os desenvolvedores contam, a ideia para o aplicativo surgiu há quase 2 anos ao perceberem que mesmo com o sucesso de aplicativos para “To do lists” (listas de coisas a se fazer),  todo mundo ainda recebia milhares de tarefas através do e-mail.

Excesso de e-mails

Não importa se você usa um gerenciador de projetos em seu trabalho, muitas das tarefas que você faz no seu dia envolvem ou chegam através de e-mails. Isso sem contar todas as “tarefas pessoais”: responder e-mail da mãe, do convite do colega, do buteco com os amigos, do presente que tem que comprar, da tia que lhe enviou um artigo pra ler, o link legal que você viu no twitter e enviou para si mesmo para ler depois…enfim, e-mails são tarefas constantes que temos “a realizar”, e o que Mailbox faz é transformar sua caixa de entrada, em uma “to do list”.

Por isso que era importante mencionar a gestão INBOX ZERO. O Mailbox te força a limpar  sua caixa de entrada constantemente. O que estiver na sua caixa de entrada é uma tarefa “a se fazer”. O contador do app inclusive contabiliza e-mails na caixa de entrada, não os “e-mails não lidos”, como todo aplicativo de e-mail faz, seja do iOs, G-mail, Outlook etc.

Funcionamento

Como eu disse, o Mailbox facilita você alcançar o Inbox Zero, e ele faz isso através de comandos que são ativados pelo “swipe”, o passar dos dedos na tela. Cada um dos gestos realiza uma ação com seu e-mail: arquiva, deleta, coloca em uma lista ou programa a “soneca”, que serve para programar o e-mail para voltar a sua inbox quando você quiser. É essa feature, que faz toda a diferença, e que torna impossível viver sem ela depois que você já utilizou.

Como funciona?

programar-email-mailbox

Arquivar e-mail

Arraste o dedo para direita e solte. O e-mail é direcionado ao “ALL MAIL” e fica arquivado.

Deletar e-mail

Arraste o dedo para a direita até o fim. Uma “longa arrastada”. O e-mail é deletado.

Programar e-mail

Arraste o dedo para esquerda e solte. Assim que você o fizer, uma tela aparece para você escolher quando quer receber o e-mail de volta: hoje mais tarde, amanhã, daqui uma semana, daqui 1 mês etc.

Colocar em Lista

As velhas listas do G-mail. Aqui o Mailbox usa apenas 4: Later (os e-mails programados), To buy, to read, to watch.

No começo, até achei que iam fazer falta as outras listas que eu uso no meu e-mail, até porque usamos o Google Apps e organizo bastante os meus e-mails com marcadores, mas até agora não senti falta nenhuma. Parando para pensar, eu uso muito mais a busca do que as listas para encontrar um e-mail que preciso e a lista do Mailbox resume bem vários e-mails que eu deixo para depois. Mas, quando eu uso a versão web do G-mail, continuo organizando meus e-mails com os marcadores.

Como baixar e usar

O Mailbox só possui atualmente versão para iPhone + G-mail, mas não acredito que vá demorar muito tempo até sair para outras plataformas. Após a união entre o Mailbox e a Dropbox, podemos esperar um crescimento em larga escala do aplicativo. Rumores inclusive já falam sobre a aquisição do Mailbox por algum gigante como Google, Apple ou Microsoft.

É isso mesmo. Para manter o pleno funcionamento do aplicativo, segundo os desenvolvedores, o Mailbox funcionava com uma fila de espera para novos usuários. Eu mesmo tive que esperar quase 10 dias para conseguir utilizar. Ainda bem que agora você já pode baixar ele direto tanto para iPhone quanto iPad.

 

Conclusão

Depois de duas semanas usando o app, posso dizer que ele realmente é muito bom e promete. Claro que ele está super overhyped e talvez overrated, mas acho que isso faz parte de toda inovação. Acho que o princípio dele de programar os e-mails para depois, vai pegar, e aposto que em breve, o G-mail e os e-mails da Apple e Microsoft também vão ter essa função.

A melhor coisa de usar o Mailbox é que você se sente mais livre em relação aos e-mails. Sem nunca ter que olhar a sua caixa de entrada ou pensar naquele e-mail que você precisa responder. Basta se organizar direito e programar os e-mails para quando você puder lidar com eles, que o app funciona direitinho, apesar de dar alguns bugs e demorar excessivamente para carregar e-mails de vez em quando.

Não deixe de testar, tá aí o link para baixar: https://itunes.apple.com/us/app/mailbox/id576502633?mt=8

Compartilhe

Cristiano Bunte

Graduado em Publicidade e Relações Públicas pela UFMG. Apaixonado por Web e Novas Tecnologias. Fundador e Diretor de Criação da Nauweb. Atleticano e Snowboarder (quando possível).


Comentários